sobre a balneabilidade do lago da perucaba

Arapiraca é lar de riachos e lagos. Praticamente nenhum possuiu status de área para banhos e lazer (salvo algumas bicas na RMA). No verão as temperaturas beiram os 39 graus e há poucas opções de banho e lazer públicos, ou melhor, não há. Na maçaranduba e na bananeira há parques aquáticos privados, e com pouco impacto sobre a demanda por este tipo de espaço na cidade. Certamente um grande parque aquático de boa estrutura teria presença elogiada por aqui, a lacuna não foi preenchida. Em Arapiraca, o maior espaço natural de lazer e com um enorme lago é o complexo do Perucaba, com capacidade de armazenar 4.130.500 m3 de água. Há muito sabemos que o lago é utilizado por banhistas, pescadores e esportistas náuticos, apesar de sua condição de águas muito poluídas. Então a pergunta sobre se o lago é poluído ou se há condições de balneabilidade? Imagino o Perucaba vir-a-ser a praia da cidade. Vejamos o que sabemos sobre isso.

A classificação sobre a água própria ou imprópria está definida nos índices de Número Mais Provável (NMP) de Coliformes Termotolerantes (fecais) por 100ml de água (resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional de Meio Ambiente). O estudo “Avaliação da qualidade da água do Lago da Perucaba em Arapiraca-AL para a prática da balneabilidade” de Anderson Silva de Brito (UNEAL) e Rafael Albuquerque Xavier (UFRJ) é um dos poucos a tratar especificamente da questão da balneabilidade do lago da Perucaba. Segundo os autores as taxas de poluição são maiores na área urbana e menores nas áreas rurais do lago. Um dado interessante é saber que o lago foi criado pelo DNOCS com o objetivo de abastecimento d´água mas esse propósito não pode ser alcançado devido as condições geológicas do lugar que salinizaram as águas. Lembram, contudo, que o papel da prefeitura para revitalizar a área é pontual pois incide sobre as condições de habitabilidade mas deixou de lado a belneabilidade: “a revitalização não contempla a recuperação do corpo hídrico, pois centraliza suas obras apenas no desvio de um córrego dos principais esgotos que era lançado no corpo receptor e na melhoria visual da área do seu entorno”. Os autores lembram que no projeto de 2005 da prefeitura havia menção a recuperação do corpo hídrico mas que foi esquecido nos trabalhos iniciais em 2008, quando a cidade observou uma grande mudança na paisagem da região, e que hoje toma uma nova dimenção com a chegada de um enorme bairro planejado na sua orla sudoeste.


Em suas conclusões, os autores avisam que apesar de o local já proporcionar lugares de balneabilidade, a taxa de coliformes fecais parece ser ainda um grande impedidor de uso do lago como espaço de lazer e de contato direto entre banhistas e águas. A cidade quer mais do que nunca o status de balneabilidade para o lago mas não há um monitoramento periódico pelos órgãos fiscalizadores responsáveis sobre as condições das águas, impedindo e atrasando seu usufruto coletivo.
sobre a balneabilidade do lago da perucaba sobre a balneabilidade do lago da perucaba Reviewed by davy sales on domingo, novembro 17, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.