20 professores querem mandato popular

A lista dos 163 candidatos as 15 vagas na Câmara de Vereadores é bem representativa da heterogeneidade política local. Parece que este ano vários arapiraquenses e migrantes que por aqui fixaram moradia resolveram filiar-se aos partidos e oferecerem seus nomes ao legislativo municipal. Interessante observar essa lista (aqui) e ver a atual ocupação dos candidatos.

São 45 trabalhadores do comércio e serviços, 26 empresários, 20 professores, 18 donas de casa, 10 policiais, 10 agricultores, 6 estudantes, 5 vendedores, 4 pastores, 4 advogados, 2 psicólogos, 1 astrônomo, 1 enfermeiro e 1 farmacêutico. Alguns informaram ao TSE no campo profissão “outros”. Pelo quadro pode-se observar uma ampla representação.

Ausência na lista de artistas, atletas, médicos, ativistas de DH, ativistas LGBT, jornalistas, sociólogos, entre outras profissões e ocupações sem representação nessas eleições. De todo modo, é possível constatar que a cidade começa a acordar para a política e abrir o interesse pela representação legislativa para um maior número de cidadãos. São 11 candidatos por vaga, a disputa começou e não será fácil para ninguém.

Com um legislativo pífio e apagado como o nosso, historicamente servil ao poder executivo, é bom que os arapiraquenses renovem por completo aquela casa, para que a cidade possa engendrar novos projetos e fazer valer sua função constitucional que é controlar o executivo e ampliar a possibilidade de felicidade dos cidadãos. Escolher um vereador apenas porque esse é dessa ou daquela família, porque é dessa ou daquela religião, porque é rico ou pobre, porque quer se reeleger, não seriam bons motivos para o voto. Precisamos comprometer nosso voto para pessoas dispostas a conduzirem Arapiraca para o patamar das cidades ricas e civilizadas.

Esqueçam os conchavos e obrigações de voto em fulano ou sicrano. Pense duas vezes antes de digitar o número do seu vereador. Este ser poderá ser um bem para o progresso da comunidade ou um entrave para nosso futuro caso se una as maracutaias do poder, votando por interesse privado nas materias da câmara. Temos a chance de dizer não às velhas raposas que lá estão e não as novas raposas que estão querendo chegar. Seu voto vale mais do que você pensa, e 163 pessoas estão loucos para tê-lo. Pese, calcule, vá com calma. Vote com consciência.

20 professores querem mandato popular 20 professores querem mandato popular Reviewed by davy sales on terça-feira, julho 17, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.