observando a cidade

✪ A disputa pela prefeitura de Arapiraca já começou (veja e vote na enquete ao lado). Em todos os lugares ouço populares a discutir sobre as candidaturas informalmente anunciadas. Parece-nos claro que a cidade hoje é um dos mais fortes espaços de vida política de Alagoas e chama atenção para seu prolongado processo de crescimento socioeconômico, além de sua crescente importância no cenário regional, com a criação de sua região metropolitana. Todo mundo quer sentar na cadeira do executivo municipal. Não é para menos, estamos na segunda cidade mais rica e desenvolvida do estado. Os grupos políticos estão assanhados e ansiosos para que até junho suas candidaturas tenham peso para manterem-se de pé quando deverão registrar-se na Justiça Eleitoral para poder ser votado no pleito de outubro próximo. Que rufem os tambores, a largada está dada ✪

✪ Duas obras urgentíssimas para a cidade são (a) a continuação da Via Marginal do Piauí que deve ligar o centro à canafístula (segue do Parque Ceci Cunha, cruza a r XV de Novembro e passa pelo bairro São Luiz) e (b) a conclusão da urbanização da orla do lago da Perucaba. Conforme a foto abaixo, a área hachurada em amarelo permitirá que tenhamoa um cinturão verde (bosque das arapiracas, parque Ceci Cunha e Horto Florestal) margeado por longa avenida que cruzará a cidade de ponta-a-ponta. Na área hachurada em vermelho, é o complexo do lago da Perucaba, que tão logo possa ser urbanizado, haverá preocupações e incentivos mais diretos quanto a sua despoluição e será uma região com imensos atrativos para abrigar uma nova área de expansão do seu urbio ✪

ara0001

✪ O lazer na cidade ainda é um objeto do desejo de muitos cidadãos. A prefeitura tem oferecido algumas jóias para o lazer, como parques. O teatro chegou via SESC e SESI mas ainda é acanhado, com uma agenda de raros espetáculos. O mesmo não se pode dizer da iniciativa privada. O único lazer possível na cidade são os bares, pois não há boates. Não há cinemas. O anúncio da vinda de salas de cinema no shopping em construção já é esperado ansiosamente pelos locais. A cidade vive hoje uma fome de espaços de lazer, e os empresários parecem ainda incapazes de perceberem essa demanda. Temos espaço para bares temáticos, restaurantes, cafés, boates, clubes privés, Indoor sports, casa de shows, saunas, e tantas outras iniciativas que estão sem concorrencia local. Os primeiros que se aventurarem no ramo do lazer devem sentir o peso da sede por diversão e vida noturna numa cidade que já tem uma noite agitada em seus fins-de-semana, mas timidamente se recolhe por falta de opções ✪

observando a cidade observando a cidade Reviewed by davy sales on quinta-feira, março 01, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.