notas sobre uma arapiraca em ebulição

SAM_1588

  • Um processo de recapeamento e tapa-buracos nas principais entradas da cidade está em andamento. É muito importante que a prefeitura cuide das vias que já existem. Estamos vendo a melhoria da avenida que vai das Cacimbas aos Cazuzinhas. A prefeitura pretende chegar também com a recuperação até a Experdicionários Brasileiros e Don Jonas Batingas;
  • Até 30 de outubro próximo a cidade terá parte da avenida Marginal do Piauí para o tráfego de veículos. Os serviços de engenharia, arquitetura e urbanismo estão bem avançados. Toda a região da nova avenida já está iluminada. A cidade espera anciosa;
  • A duplicação da AL-220 tomou novo fôlego. A maior parte da obra está em avanço considerável. O fluxo de automóveis está em amplo crescimento na região. Mas algo não está claro, na duplicação não se vê nenhuma alça de mudança de nível para retornos. Como será que as pessoas que estão no Ouro Verde, no hospital ou no Planalto atravessarão as pistas duplas? Não se vê viadutos ou rotatórias. Mistério;
  • A cidade continua com ampla carência de equipamentos de turismo, lazer e diversão. Um exemplo é a ausência de um hotel de três ou quatro estrelas. A cidade tem apenas hoteis de simplicidade básica sem selo de sofisticação, mas há espaço. O IBIS anunciou sua vinda mas parece que ficou apenas na propaganda, nenhum hotel novo no horizonte;
  • Apesar dos esforços públicos de incentivo para as tradições locais (como a Cavalgada, Festas Juninas e apoio a músicos da cidade), pouca ou nenhuma iniciativa privada nesse campo. Apesar de já termos dois bons teatros em funcionamento, não temos uma agenda continua de espetáculos;
  • Quem passa ao largo da serra da microondas pode ver a velocidade das transformações que a cidade está vivendo. A região foi tomada pela construção de conjuntos habitacionais e parte da serra desapareceu. Toda a periferia da cidade está em acentuada expansão;
  • Há também um vigoroso processo de verticalizalização da paisagem urbana local. Novos edificios no centro, no alto do cruzeiro, no santa edwirges, no novo horizonte, no são luiz e no baixão dão uma mostra da nova cara da cidade, mais vertical, urbana, viva, agitada e rica.
notas sobre uma arapiraca em ebulição notas sobre uma arapiraca em ebulição Reviewed by davy sales on sexta-feira, setembro 02, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.