sinais de cérebros, artigo de luxo, em alagoas

tony cloves Tony Cloves tem potencial. Ví-o com boa dose de argumentos que ajudaram o eleitor a desconstruir certas verdades distribuídas para os eleitores (disse nunca ter visto tanto helicóptero sobrevoar o sertão, quer saber de onde vem tanto dinheiro para esse espetáculo? cutuca em boas feridas). E como bem lembrou o @juliofigueiredo no twitter, todos os candidatos citaram Lula. Tony Cloves citou Obama. E reclamou que Collor, no início do debate tentou lhe agredir, apertando o seu braço e dizendo que Tony era laranja… Tony disse que Collor é que era laranja dos usineiros.

Mário Agra é um candidato muito interessante. Dá-nos confiança e sua fala incide sobre problemas centrais que impedem os alagoanos a viverem bem. Mário tem força no discurso e é claro sobre como se deveria organizar o Estado. Foi feliz ao mostrar o que Alagoas precisa para sair do buraco. Jeferson Piones pareceu criar um ambiente de única receita. A idéia de fechar a 17a. Vara foi horrível (Tony Cloves salvou o debate nesse momento). Piones parece ter idéias meio fatalistas, pouco abertas a complexidade da vida social. .

Ronaldo Lessa é um candidato pronto. Muito de sua fala foi consumida nas contra-respostas do candidato Téo. Teotônio Vilela é um candidato pronto. Muito de sua fala foi consumida nas contra-respostas do candidato Ronaldo. Ronaldo Lessa e Teotônio Vilela passaram a maior parte do debate entre acusação e defesa de seus supostos crimes.

Fernando Collor reconhecível mais-do-mesmo. Repete a mesma ladainha dos anos que antecedem o impeachment. Pálido e com olhar vago, não mostra vontade em ser governador, pareceu que estava ali apenas por obrigação. Foi figura apenas secundária no debate e sua proposta de governo é, do tipo, bater no espinhaço dos bandidos para cessar a violência.

sinais de cérebros, artigo de luxo, em alagoas sinais de cérebros, artigo de luxo, em alagoas Reviewed by davy sales on terça-feira, setembro 21, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.