a falência da segurança pública em arapiraca

A taxa de homicídios em Arapiraca, entre 2003 e 2007 foi de 96,7%, colocando a cidade em 2o. lugar no estado e 9o. no país em número de homicídios. Os dados são alarmantes:

2003 66 homicidios
2004 84 homicidios
2005 121 homicidios
2006 135 homicidios
2007 198 homicidios

Para quem teve acesso à esses dados, leu que Arapiraca é a nona cidade mais violenta do país e a segunda em Alagoas. Há uma tradição local onde homens de todas as classes sociais andam armados (facas, revólveres). Frutos do cangaço, dos jagunços, dos crimes entre clãs. Esse caldo cultural ainda oferece apoio à valentia gratuita e exibição de forças. Em outra ponta, cresceu o número de crimes ligados à movimentação do tráfico de drogas e bandos armados de latrocidas (que atacam principalmente motociclistas e lojas). A sensação para quem circula pela cidade não é de medo ou pânico, porque em Arapiraca se sabe que a maioria das balas tem destino certo, raramente acontecendo situações de bala perdida. Apesar do número preocupante de 198 homicídios em 2007, o poder público foi incapaz, por não se utilizar de meios técnico-científicos, para afrontar esses índices. Aqui o poder público sempre acha que violência se enfrenta apenas com força policial, e nunca com inteligência. O resultado está aí para quem quiser ver. Mas o executivo, legislativo e o judiciário continuam observando o fenômeno do crescimento da violência através de lentes amadoras.

**

leia o mapa da violência publicado, onde Arapiraca aparece com destaque.

a falência da segurança pública em arapiraca a falência da segurança pública em arapiraca Reviewed by davy sales on sábado, abril 17, 2010 Rating: 5

Um comentário:

Anônimo disse...

Conter a violência é tb reprimir o crime. Andamos á noite por Arapiraca e não vemos camburão nenhum fazendo ronda preventiva. Os bandidos aqui ficam completamente à vontade pois sabem que não serão importunados. Não temos policiais nas ruas, esse é um dos maiores problemas.

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.