a falsa falência dos municípios alagoanos

Maribondo
O atual prefeito fechou as portas das instituições locais por causa da crise gerada pela diminuição do FPM. Os recursos sempre foram mal utilizados, basta lembrar que o Tribunal de Contas da União condenou o ex-prefeito Sapucaia, a devolver R$ 559 mil à Funasa por não comprovar a utilização de recursos. Então a falência é invenção dos mal gestores e não uma realidade intransponível.
AMA sugere falências municipais
A redução atual dos repasses do FPM e Fundeb não inviabiliza nenhuma administração, apenas obriga os gestores públicos a repensarem seus investimentos. Agora todas as prefeituras dizem que estão inviabilizadas. Interessante. Desde quando essas prefeituras, investem todo o fundeb na educação, centavo a centavo?
Bandas de forró, esculhambações e falta de vergonha
Não há um fim-de-semana que não haja uma prefeitura alagoana financiando shows de bandas estilizadas de forró. No mês passado, Lagoa da Canoa ofereceu a banda Calypso e mais outras. Depois dizem que estão falidas. Quantos shows estas prefeituras pagaram a bandas de forró? E quanto investiram em suas crianças, seus jovens e a população idosa? As prefeituras pagam mal aos seus professores, pagam mal aos seus servidores, mas pagam muito aos seus vereadores. Basta somar 1 mais 1 que se verá que dá 2.
Pobreza e falta de perspectivas
As cidades alagoanas, diz a AMA, estão em estado de alerta, o que alguns já começam a chamar de falência. Falidas já estavam desde sempre com seus administradores que só operam na base da vantagem. Altos salários para vereadores e secretários, baixos salários para professores e servidores comuns. Não investem em qualidade de vida, em distribuição de riquezas, sabem apenas desviar recursos e pagar shows imbecilizantes para uma juventude fadada ao fracasso por falta de futuro e perspectivas.
a falsa falência dos municípios alagoanos a falsa falência dos municípios alagoanos Reviewed by davy sales on terça-feira, setembro 22, 2009 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.