o estado contra o povo

Vivemos um tempo de angústia e sofrimentos em Alagoas. O Estado, representado pelo executivo, o legislativo e o judiciário agem abertamente contra o povo.

E julgam ter legitimidade. Agem abertamente como sádicos e arrogantes, tirando de nós o lastro do sonho e da utopia de viver entre homens que pretendem manter uma sociedade digna do nome.

Mas vejam bem, o governador do Estado está calado diante da roubalheira do desvio e crimes cometidos pelos da conduta dos deputados eleitos à força (advinhem porque).

O judiciário libera nossos algozes e diz que o povo não é nada, a não ser massa para ser manobrada para manter as elites que roubam desviam e saqueiam apropriam-se do erário público e nosso futuro (advinhem porque).

Assim Judiciário e Legislativo se juntam contra o povo e a ordem democrática, e já que o executivo nada faz contra, então desenha-se o quadro do Estado contra o povo.

Um sentimento de angústia nos invade, por ter acreditado na ordem estatal, de que os crimes desvios de conduta seriam punidos.

Que nada! Alagoas é a terra da roubalheira, matança, desordem, quadrilhas, ladrões, dos corruptos e salafrários que habitam desde sempre a Casa da Mãe Joana Assembleia Legislativa. E o judiciário e executivo dá verbas e habeas corpus a essa corja gente.

O povo precisa acordar e fechar a Casa da Mãe Joana Assembléia, precisa dar um basta nisso. 99% dos mandatos dessa maldita Assembléia foi forjado, pela força da violência, do medo, dos currais, da compra de votos, da mentira.

Não há legitimidade nem representatividade popular. Há criminosos fardados de colarinho branco deputados, posando de homens e mulheres éticos e morais. Saudades de Heloísa Helena derrubando os portões da famigerada Assembléia.

Nas próximas eleições, a renovação na Casa de Mãe Joana Assembléia Legislativa tem que ser 100%. Não podemos nos calar, ou aceitar que a nossa vida política não seja diferente de um expediente de delegacia ou de presídio.

Alagoas está uma confusão. Alagoas já era. Alagoas precisa voltar a ser Pernambuco. Isso aqui não está dando certo. Muita fome, pobreza, violência e nada nem ninguém para nos salvar, a não ser nós mesmos, cassando seus mandatos e retirando a legitimidade de seu poder. Sem nosso voto essa corja gente não é nada.

o estado contra o povo o estado contra o povo Reviewed by davy sales on quinta-feira, agosto 27, 2009 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.