devir agreste

Fundada em 1848 por Manoel André Correia dos Santos que aqui se instalou em terras de propriedade do seu sogro (capitão Amaro Valente). Quando da sua fundação, pertencia ao grande município de Anadia que englobava Limoeiro (emancipado em 1882) que por sua vez, emancipou Arapiraca em 30 de outubro de 1924.

Da primeira metade do século XIX a região começou a ser povoada. Entre os anos 1950-60 cresceu o plantio do fumo, em 1970 há uma crise de preços por excesso de oferta. Os anos 90 encerraram um ciclo em torno de 40 anos de cultura fumageira. Essa cultura é parte da mentalidade do homo arapiraquensis.

Nos anos 1980-90 há o fortalecimento da feira-livre da segunda-feira, até hoje presente. O comércio formal vai se organizando e evolui para atender demandas locais e intermunicipais. Desde os anos de 2000 há a sinalização para o crescimento industrial, com a abertura de um distrito e a chegada de dezenas de pequenas indústrias.

Hoje a nova Arapiraca se contrapõe a sua história rural-agrária. Seu traço atual é largamente urbano. E vive hoje uma certa efervescência. Em uma década essa foto testemunhará a mudança desta paisagem. Comércios, serviços, universidades, indústrias. O sinal está aberto para empreendedores e investidores.

arap_parque_centro

devir agreste devir agreste Reviewed by davy sales on domingo, maio 31, 2009 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.