renan calheiros: um "senador" do atraso e da vergonha alagoana

Foto: ABr (Renan Calheiros durante a "renúncia" da presidência do Senado)

renan_renuncia Em 2007, a operação Navalha derrubou o "senador" da presidência do senado. A operação da PF federal descobriu um esquema de corrupção que financiava candidaturas ao legislativo pelo roubo do dinheiro público dos alagoanos. O senador foi denunciado pela comissão de Ética por quebra de decoro porque a empreiteira Mendes Júnior pagava suas contas pessoais: uma pensão de R$ 12 mil para a filha e R$ 4,5 mil de aluguel de um apartamento em Brasília.

Diante das denúncias, o "senador" se licenciou do cargo para evitar a cassação no caso de sua sociedade em rádios de Alagoas. Bois, rádios e empreiteiras. A corrupção compensa, tanto é que o "senador" continua "senador". E continua a posar de pai dos pobres. Vergonha e ética não existe no vocabulário dos corruptos brasileiros.

Com a aproximação das eleições, eles (Collor, Renan e a trupe da corrupção e do atraso) já preparam os chicotes e as garras para comandar o gado do vasto curral alagoano. Já andam por aí mostrando falsas pesquisas de que estão na frente de todos os concorrentes. O povo sabe que a vida alagoana é uma vida de injustiças. Corruptos e ladrões continuam livres, enquanto o povo continua preso ao seu cruel destino: ignorância, subalternidade, submissão, pobreza e sofrimento.

renan calheiros: um "senador" do atraso e da vergonha alagoana renan calheiros: um "senador" do atraso e da vergonha alagoana Reviewed by davy sales on segunda-feira, abril 27, 2009 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.