mais do mesmo e duplicando

A duplicação da rodovia al-101 sul (maceió-barra) mostra como alagoas caminha a passos de tartaruga. Essa duplicação faz favor ao sul da capital, deixa de lado o agreste que produz muito mais riquezas para o Estado do que a barra de são miguel.

É sempre assim: o Estado serve primeiro aos ricos, que veraneiam na barra em suas casas de fim-de-semana. Aos pobres, esgostos, dengue e cólera.

Alagoas não é séria. Se olharmos para a paraíba, veremos que duplicaram a rodovia de joão pessoa até campina grande. Se olharmos para pernambuco, veremos que duplicaram a rodovia de recife até caruaru. Aqui, na devastada ordem coronelista, eles ligam maceió a lugar nenhum.

Afinal de contas, que conta é essa que os gerentes do Estado fizeram? Quem tem mais importância social e econômica para alagoas?  a barra de são miguel ou arapiraca?

Depois da duplicação da al-101 sul investirão na al-101 norte. É maceió olhando o seu próprio umbigo. O Estado cobra impostos dos arapiraquenses mas investe apenas na capital. Isso é inteligência ao contrário, o outro nome para burrice, ruindade e mesquinhez.

O agreste tem que enfrentar a sua pequenez e desvalorização junto ao Estado. Arapiraca precisa mostrar sua cara e saber reinvidicar de verdade. O governador nos deixou de lado. Mas continuará cobrando seus impostos por aqui para dar boa vida aos da capital.

mais do mesmo e duplicando mais do mesmo e duplicando Reviewed by davy sales on quarta-feira, janeiro 14, 2009 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.