força de elefante, inspiração de tatu

Chegar em Arapiraca, do norte ou sul, pelo leste ou oeste da cidade é perceber claramente o peso de uma cidade grande para os padrões do interior do nordeste. Distante cinco ou dez quilômetros da cidade já a vimos espalhada, derramando-se entre os vales e morros agrestes.

Circular por sua vizinhança é voltar vinte anos no tempo. Uma vida simples e pacata. Arapiraca tornara-se então o farol, o norte para as comunidades vizinhas. É em Arapiraca que a expectativa por melhoria na qualidade de vida e desenvolvimento tem base civil e política: os moradores vivem hoje a chegada de novas bases do governo federal e estadual, a abertura de novas lojas em seu comércio, a construção de shopping, a urbanização de seu açúde, a duplicação da al-220 que corta a cidade, experiencias com escolas públicas de tempo integral, o crescimento ou boom imobiliário local que trouxe alguns novos prédios de apartamentos, a chegada da ufal.

Muita coisa nova tem aumentado a energia da cidade. São investimentos novos em coisas novas. O grave é que a cidade estava adormecida, nas últimas gestões públicas é que surgem preocupações mais positivas e avançou-se em muitos campos.  Apesar dos avanços claros e objetivos, a política local é anti-inspiradora, porque nunca esteve à altura do seu povo, parece girar em torno do seu próprio umbigo, dos seus negócios próprios.

As novas idéias e avanços deu-se via executivo, o legislativo é um templo que o executivo sempre domina e domestica. É muito interessante observar que o legislativo não sustenta nossos sonhos nem segura a bandeira de uma cidade para todos. Faltam pessoas na câmara que sonhem os nossos sonhos, aqueles de uma cidade equilibrada e que abraça a todos. Nossa inspiração não cresce porque o espelho ainda está borrado.

força de elefante, inspiração de tatu força de elefante, inspiração de tatu Reviewed by davy sales on segunda-feira, janeiro 12, 2009 Rating: 5

3 comentários:

Luiz Reginaldo disse...

Impressionante palavras e confesso que fiquei sem respostas a tais questionamentos. Nossa Macondo não merece ter um só braço de desenvolvimento, mas sim todos quanto forem possíveis.
Abraços.

Anônimo disse...

Olá... gostaria de mais informações sobre Arapiraca....(cultura, moradia, custo de vida, etc...) sou de Curitiba, (se possível com fotos)...agradeço desde já!
patielis@yahoo.com.br

Alysson disse...

Suas palavras refletem todos os desejos de nossa população! Precisamos de homens e mulheres que lutem pelo desenvolvimento do município, pois se dependermos do governo do estado continuaremos ilhados. Parabéns pelas palavras!

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.