Bouquinistes

image
bouquiniste
Gravure de Marlet d’après Adrien Victor Auger, Bouquiniste quai Voltaire 1821.
Na cidade de Paris, os bouquimistes - vendedores de livros raros -, estão em crise.
Sua história tem origem no século XVI. Durante a revolução francesa salvaram livros das bibliotecas aristocráticas, e guardaram material da resistência durante a ocupação nazista.
Sobreviveu quatro séculos da censura, inundações e convulsões sociais e políticas. Luta hoje contra um estranho, inusitado e barato inimigo: torre eiffel plástica, para turistas.
De costume, os franceses desciam o sena e compravam livros na região da ponte nove. Agora os turistam olham muito, acham bonito, mas não compram. Colocou-se souvenirs a venda para manter o negócio.
Mas a prefeitura de Paris está alarmada com essa movimentação, acredita que isso é prejudicial a paisagem cultural da cidade, e quer proteger a alma literária das margens do rio sena. Ainda não se sabe o que acontecerá. Novos tempos.
Bouquinistes Bouquinistes Reviewed by davy sales on sábado, novembro 29, 2008 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.