Greve na UNEAL em Arapiraca

Os professores da Universidade Estadual de Alagoas, sediada em Arapiraca, resolveram em assembléia, entrar em greve por tempo indeterminado. O (des)governo de Alagoas prometeu resolver os problemas que passam a universidade como reajuste de 16,8% nos salários e regularização da situação de mestres e doutores. Até agora o governo foi incapaz de atender a qualquer uma das reinvidicações. Cerca de cinco professores doutores já saíram da universidade, deixando esta em situação bastante delicada. A UNEAL pode deixar de ser universidade por não possuir em seus quadros mestres e doutores suficientes. Isso tudo por incompetência, honestamente, do (des)governo alagoano. A greve, se vingar, já vem tarde. A sociedade precisa lutar contra o estado e fazer valer sua vontade: educação superior gratuita e de qualidade aqui nas terras agrestes. Que Alagoas ouça o movimento. Que Alagoas dê um passo adiante: sem assembléia legislativa, sem universidade, sem, honestamente, nada. Vixe maria! A gente precisa aprender a ser.
Greve na UNEAL em Arapiraca Greve na UNEAL em Arapiraca Reviewed by davy sales on quinta-feira, junho 19, 2008 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.