Arqueoduto e bilingûismo indígena

Mangabeira Unger, o tal ministo das Ações de Longo Prazo, está na Amazônia apresentando seu projeto para aquela região.

Ele quer um arqueoduto que leve água da amazônia para o semi-árido nordestino.

Refere-se à libertação dos índios, provavelmente porque tem em conta que eles estão presos ao mundo selvático e seria preciso "educá-los", e em duas línguas.

Interessante é que há uma idéia corrente de que os povos indigenas devem ser enfrentados para o (fim) progresso (?) da amazônia. Unger pensa em todo mundo falando inglixi.

Espero que os povos indigenas não se submetam, que coloquem logo uma pedra no sapato de Mr. Unger.
Arqueoduto e bilingûismo indígena Arqueoduto e bilingûismo indígena Reviewed by davy sales on sexta-feira, janeiro 18, 2008 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.