A vida no agreste

As notícias ouvidas de boca-a-boca dão conta da alegria que comunidades faveladas em nossa cidade estão a ecoar, as favelas estão começando a desaparecer. A Quissaça, o caboje, estão dando lugar a parques para a cidade. Vários moradores estão sendo "transferidos" para novos conjuntos residenciais na também nova periferia da cidade, em torno do também, novo parque do açude. Caso este projeto vingue e persista, então é provável que Arapiraca mude sua aparência decadente para uma cidade já madura. Será necessário um investimento intenso e prolongado para mudar a realidade da pobreza que assola a terra de Manoel André: falta-nos transporte público, parques com árvores, cinema, teatro, museu. Talvez estejamos entrando em um novo círculo, espaço de revalorização urbana, enfrentamento da pobreza e construindo o lastro para o nosso futuro.
A vida no agreste A vida no agreste Reviewed by davy sales on domingo, abril 08, 2007 Rating: 5

Nenhum comentário:

Davy Sales (2012). Tecnologia do Blogger.